Conscienciologia

Tratado de proposição da ciência Conscienciologia.

A Conscienciologia é a ciência que estuda a consciência (princípio inteligente, alma, espírito, ego, personalidade), considerando todos os seus atributos, fenômenos parapsíquicos, múltiplas vidas e as manifestações nas dimensões física e extrafísica. A consciência é você, sua essência, um princípio inteligente, e autoconsciente, que sobrevive para além da morte do corpo físico.

Ainda não temos tecnologia suficientemente avançada para detectar, analisar e estudar as dimensões mais sutis onde a consciência pode se manifestar, pois, de acordo com as pesquisas conscienciológicas, a consciência existe para além da dimensão física.

Por estar fundamentada no paradigma Newtoniano-Cartesiano, as ciências convencionais consideram apenas o mundo material, e abordam a consciência como sendo um sub-produto do funcionamento do cérebro físico.

Desta maneira, limitam suas percepções e metodologias ao ponto de vista materialista, gerando muitas vezes explicações inconsistentes, de pouco conteúdo lógico. Sob um ponto de vista multidimensional, esta abordagem é inadequada ao estudo da consciência.

Sendo assim, a Conscienciologia parte da premissa de que a melhor forma de se investigar a consciência é o pesquisador estudar a si mesmo, utilizando-se de todas as suas vivências diárias, inclusive além da realidade material (experiências parapsíquicas), como um grande laboratório para sua autopesquisa.

Como efeito desta premissa, o pesquisador aprofunda o entendimento do que é a consciência e como ela funciona, ao mesmo tempo em que amplia o autoconhecimento, desenvolvendo-se, amadurecendo e capacitando-se para atingir seus objetivos existenciais.

A experiência fora do corpo, em que a consciência se projeta do corpo físico para as dimensões extrafísicas, de forma voluntária e lúcida, é um dos instrumentos para investigação consciencial e promove a autocomprovação de que a realidade da consciência transcende, em muito, o corpo biológico.

O estudo destes fenômenos assentados na vivência pessoal do pesquisador atendem um princípio fundamental da Conscienciologia, o Princípio da Descrença:

Não acredite em nada,

Nem mesmo no que lhe informarem aqui.

EXPERIMENTE

Tenha suas próprias experiências.

Propositor

A ciência Conscienciologia foi proposta e desenvolvida por Waldo Vieira, médico e odontólogo brasileiro, pesquisador independente que vivenciou de forma lúcida as experiências fora do corpo desde os 9 anos de idade, é considerado um dos maiores pesquisadores do mundo sobre o assunto.

Em 1986, depois de 19 anos de pesquisas ininterruptas no Brasil e exterior, Vieira publicou o tratado Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano, através do qual apresentou oficialmente a Projeciologia como uma nova ciência ao público e à comunidade científica.

Mais tarde, em 1994, publicou seu segundo tratado, 700 Experimentos da Conscienciologia, lançando os fundamentos técnicos desta ciência. Em 2003, Vieira lançou seu terceiro tratado científico, denominado Homo Sapiens Reurbanisatus (1.584 páginas), que aborda o fenômeno das reurbanizações extrafísicas.

Em 2015, Vieira dessomou aos 82 anos em Foz do Iguaçu, depois de dedicar as décadas finais de sua vida à liderança e desenvolvimento da Conscienciologia e à consolidação do bairro Cognópolis, local de desenvolvimento dos empreendimentos conscienciológicos.

Durante estes anos, apresentou diariamente as Tertúlias Conscienciológicas e dedicou boa parte de seu tempo à escrita de suas últimas obras: a Enciclopédia da Conscienciologia, o Dicionário de Argumentos da Conscienciologia e o Léxico de Ortopensatas.