Invexologia – Técnica da Inversão Existencial

Invexologia

A Invexologia é a ciência que tem por objetivo estudar a técnica da Invéxis, ou inversão existencial. Esta é uma técnica de oti­mi­zação máxima da vida intrafísica, fundamentada na Conscien­ciologia, adotada pela pessoa desde a juventude, objetivando o exercício precoce da assistência.

A invéxis pressupõe abdicar o envolvimento com doutri­na, seita, partidarismo, religião, dogmas ou quaisquer compromissos escra­vi­zantes, tolhedores da liberdade de idéias e de expressão.

Esta técnica é recurso eficaz para o jovem evitar repetições de erros e posturas imaturas apresentadas há várias vidas – automimeses dispensáveis. Também auxilia a moça ou o rapaz na libertação dos engodos e tradicionalismos da sociedade humana, ainda pato­lógica.

– A invéxis não é a meta em si, mas o meio, o recurso ou a estratégia para se alcançar maior aproveitamento evolutivo nesta vida humana. –

O jovem, neste caso, busca adequar a vida de acordo com seus objetivos assistenciais, primando pelo dis­cer­nimento nas escolhas pessoais, desde as companhias, rotinas, até a profissão.

Ele ou ela inicia a invéxis antes dos 26 anos, idade em que o corpo humano cessa de crescer e amadurecer. Até esse período, o inversor, sem compromissos irreversíveis, faz opções úteis e inteligentes que deverão influir positivamente no resto da sua vida.

A invéxis engloba o entendimento e a vivência da multi­dimen­sionalidade, o convívio e a assistência às cons­ciências extrafísicas – indivíduos que já passaram pela morte biológica e se manifestam sem o corpo físico. Neste contexto importa ao inversor existencial ter razoável desenvoltura quanto às bioenergias e ao parapsi­quis­mo – ou paranormalidade –, principalmente quanto à experiência fora do corpo hu­mano.

Para compreender a extensão da proposta da técnica, é necessário abranger o histórico da invéxis e as ciências que a alicerçam: a Conscienciologia e a Projeciologia.

História da Invexologia

Em 1946, Waldo Vieira, aos 14 anos de idade, apresentou pela primeira vez a técnica da invéxis. Entre as décadas de 40 e 70, não havia ambiente propício ao debate e à difusão desse tema, devido à mentalidade conservadora.

A invéxis foi vivenciada por Vieira desde a juventude, objetivando otimizar ao máximo sua vida em prol da assistência às consciências. Através do estudo de biografias, ele encontrou personalidades históricas que vivenciaram intuitivamente a inversão existencial.

Vieira, médico e odontólogo, pós-gra­dua­do em Plástica e Cosmética no Japão, é o propositor da Conscienciologia e da Projeciologia , do IIPC – Instituto Inter­nacional de Projeciologia e Conscienciologia – e o precursor da técnica da inversão existencial.

Nascido em Monte Carmelo, Minas Gerais, em 1932, é projetor lúcido desde os 9 anos de idade. Tornou-se pesquisador independente da projeção consciente, fenômenos parapsíquicos correlatos e da consciência de modo integral. Acumula mais de 50 anos de pesquisas nesta área. Sua biblioteca sobre o tema atinge cerca de 50 mil volumes, disponível na Holoteca, localizada no campus CEAEC – Associação Internacional do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia.

Vieira é considerado o maior especialista em projeção consciente no mundo. É autor de várias obras, sendo os tratados Projeciologia – Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano (1986), 700 Experimentos da Conscienciologia (1994) e Homo sapiens reurbanisatus (2003), as mais importantes publicações.

A partir da década de 90, a invexologia vem sendo mais debatida e conhecida. Vários jovens iniciaram a prática da invéxis a partir da divulgação dessa técnica no tratado 700 Experimentos da ConscienciologiaEm 1992, surgiram vários grupos de estudo e pesquisa em invexologia, os grinvexes (grupos de inversores existenciais).

Em 2004 foi fundada a ASSINVÉXIS – Associação Internacional de Inversão Existencial, instituição dedicada à pesquisa e difusão da ciência Invexologia.

Saiba Mais:

  • Inversões Conscienciais
  • Fundamentos da Invexologia
  • Evitações na Invéxis