A vigorexia é um transtorno de comportamento caracterizado pela distorção da autoimagem corporal, que leva o indivíduo a conduzir as prioridades da vida em função do aumento da massa muscular. Neste artigo, apresentaremos a ótica da invéxis sobre a vigorexia.

A inversão existencial – invéxis é uma técnica de viver, estruturada na ciência Conscienciologia, que consiste no planejamento e organização da vida humana desde a puberdade, ou no máximo até os 26 anos.  Através da invéxis a pessoa elimina as imaturidades e irracionalidades comuns da juventude.

A ciência Conscienciologia estuda e pesquisa a consciência (ego, individualidade, espírito, alma) de maneira integral, utilizando o paradigma consciencial, que estuda a consciência considerando a existência de outros corpos de manifestação além do corpo humano, a existência de múltiplas dimensões de manifestação, a existência de múltiplas vidas e a influência das bioenergias na sua manifestação.

A Conscienciologia estuda a consciência através da autopesquisa e da heteropesquisa. A autocomprovação através da autoinvestigação e o registro das experiências parapsíquicas pessoais são mais importantes que a heterocomprovação. A invexologia é a especialidade da Conscienciologia dedicada ao estudo de temas relativos à invéxis.

Inversão Existencial

Pela Invexologia, o período infantil até o fim da puberdade há o predomínio da manifestação do porão consciencial. Nessa fase vem à tona os instintos animais básicos, ou as taras pessoais mais primitivas da consciência, o que contribui para comportamentos patológicos ou até mesmo autodestrutivos.

O porão consciencial dá origem a diversos comportamentos imaturos e irresponsáveis comuns da juventude, que são classificados como normais ou até mesmo estimulados (exaltados) pela sociedade. Eis alguns comportamentos comuns do porão consciencial: pautar a vida pelo hedonismo, desorganização e impontualidade, egocentrismo, impulsividade e precipitações infantis, insegurança, uso da força muscular para solucionar conflitos, promiscuidade sexual, inconstância, dispersão consciencial entre outros.

O período da adolescência (13-18 anos) é uma fase crítica do porão consciencial. Há uma luta íntima do passado (histórico de outras vidas) que começa a vir à tona e confronta com o ambiente diferente da atual vida da consciência.

—> Leia também: Qual relacionamento é o mais evolutivo: Namoro e Casamento ou Dupla Evolutiva?

O ambiente de conflito gera dúvidas, insegurança íntima e alterações na autoestima. Na tentativa de amenizar a instabilidade é natural que a pessoa tenha comportamentos de auto-afirmação do próprio ego. O baixo nível de lucidez (conhecimento sobre si) leva a consciência a se identificar como sendo o próprio corpo humano. Neste contexto é esperado que a pessoa busque exaltar atributos (qualidades) do corpo. A consciência com predisposição à vigorexia prioriza atividades de exercício para desenvolver a força e a massa muscular. A evolução e agravamento dos autoconflitos podem levar a pessoa a desenvolver o transtorno da dismorfia muscular.

Vigorexia e inversão existencial
Fonte: Pixabay

Vigorexia

A vigorexia é um transtorno de comportamento caracterizado pela distorção da autoimagem corporal, que leva o indivíduo a conduzir as prioridades da vida em função do aumento da massa muscular. A evolução da doença está pautada em um grave distúrbio de auto-estima, e a pessoa busca suprir essa carência com a melhoria da imagem corporal. Na vigorexia há um exclusivismo do corpo em detrimento de outras áreas da vida, sendo comum o isolamento social e a depressão.

Por outro lado, a invéxis apoia-se na dedicação consciente em tempo integral à execução do projeto de vida pessoal, sem influências doutrinárias, sectárias ou místicas de qualquer natureza. A invéxis propõe que a pessoa priorize os esforços pessoais para o desenvolvimento da autocognição (autoconhecimento), da intelectualidade e a dedicação à assistência (interassistencialidade).

A invéxis pode ajudar a pessoa a identificar e eliminar as imaturidades do porão consciencial de modo precoce. O aumento da autolucidez (conhecimento sobre si) e a identificação dos talentos pessoais facilitam a superação do porão consciencial A superação do porão contribui para a que a consciência aumente a sua autolucidez (conhecimento sobre si), o que facilita o mapeamento dos talentos pessoais, aumentando a autoconfiança e a qualidade das decisões pessoais. isso amplia o entendimento da pessoa sobre si, facilitando o mapeamento dos talentos pessoais.

Na vigorexia a pessoa busca a aceitação pela sociedade a partir da modificação da imagem corporal. Enquanto a inversão existencial leva o indivíduo a ampliar o autoconhecimento, a aumentar a autoconfiança e a assertividade das escolhas pessoais, sem preocupações com a opinião de outrem.

Sob a ótica da invexologia a vigorexia é uma manifestação do porão consciencial que pode ser evitada através da ampliação da autolucidez, da auto-identificação e autosuperação precoce do distúrbio de autoestima.  

Veja Também

Carreira Militar: quais os riscos dessa profissão?